Dicas

Plano de negócios: aprenda agora 7 dicas de como fazer

plano-de-negocios-aprenda-agora-7-dicas-de-como-fazer

O plano de negócios é indispensável para quem deseja abrir uma empresa de sucesso. Nele o empreendedor estuda o comportamento do mercado no qual vai se inserir, além de desenvolver estratégias de marketing, operacionais e financeiras.

É no plano de negócios que o empresário lista as metas que deseja alcançar, traça todos os detalhes da organização e define quais os caminhos a serem trilhados para conquistar seus objetivos.

Ficou interessado, mas não sabe como fazer um plano de negócios? Continue lendo o post e confira as 7 dicas imperdíveis que separamos para você!

1. Coloque todas as ideias no papel

O primeiro passo, antes mesmo de iniciar o plano de negócios, é organizar as ideias principais que servirão de norte para os outros tópicos. Elaboramos uma listinha para facilitar. Confira:

  • dados gerais da organização;
  • estrutura legal da empresa;
  • localização e infraestrutura;
  • missão, visão e valores;
  • serviços.

Importante: você deve acrescentar outros títulos de acordo com a finalidade do seu empreendimento.

2. Utilize softwares facilitadores

A tecnologia anda a favor do empresário, basta que ele saiba utilizá-la. Existem milhares de aplicativos que podem ajudar na criação do plano de negócios, então, escolha um com o qual você mais se identifica e use-o.

Mas não pense que só os aplicativos têm utilidade. Neste quesito, até mesmo um arquivo de Word pode ser suficiente. O importante é que você se sinta à vontade com a tecnologia adotada.

3. Elabora um plano financeiro

O planejamento financeiro é fundamental e deve ser realizado antes mesmo de abrir a empresa.

Na parte financeira de um plano de negócios, a primeira ação é estimar um investimento inicial. Ele deve levar em conta a compra de todos os equipamentos e acessórios, a reforma do local (caso necessário), as despesas pré-operacionais e o capital de giro.

Depois de chegar a um valor, é a hora de calcular os prováveis gastos mensais e diminuí-los do lucro que você planeja alcançar.

Com todos esses números em mãos, é possível determinar a quantia de dinheiro necessária para abrir a empresa, além de saber o prazo médio de retorno do investimento, ou seja, o tempo estimado para que a organização comece a lucrar.

4. Monte uma estratégia de marketing

Com o avanço das mídias sociais e das propagandas, o marketing tornou-se um diferencial necessário. Aqueles que não possuem um bom plano de marketing, com certeza estarão atrás da concorrência.

Se você não sabe nada sobre o assunto, não tem problema. Você pode contratar uma assessoria especializada para ajudar. O importante é não deixar o marketing de lado!

5. Defina um público-alvo

Decidir para qual cliente o seu produto ou serviço se aplica é muito importante para direcionar todos os outros pilares da empresa, como o plano de marketing, por exemplo. Quanto mais abrangente for o seu mercado, mais caro e difícil será o trabalho.

6. Analise a concorrência

O estudo da concorrência deve fazer parte de um bom plano de negócios. Descubra quais são as empresas que oferecem o mesmo tipo de produto ou serviço que você e liste os seus pontos fortes e fracos.

Analise o que a concorrência tem a oferecer que você não tem, e o que levaria um cliente a optar por não procurar a sua empresa. Com os dados em mãos, é hora de trabalhar para a balança virar a seu favor.

7. Encontre um diferencial

Por fim, depois de realizar todos os passos anteriores, é a hora de você encontrar um diferencial para o seu negócio. Aquele serviço que só você oferece ou determinada variação de produtos que o cliente só encontra na sua empresa.

Não importa o que seja, o certo é que a sua organização precisa ter qualquer coisa que a diferencie das demais.

E aí, gostou do post? Pronto para encarar esse desafio e começar agora mesmo a criar o seu plano de negócios? Se quiser saber um pouco mais, siga a nossa página no Facebook e fique por dentro das nossas novidades!

Deixe um comentário