Dicas

Quando vale a pena aprender outros idiomas além dos “obrigatórios”?

Quando vale a pena aprender outros idiomas além dos obrigatórios

Você já deve saber que o inglês deixou de ser apenas um diferencial e hoje é pré-requisito para muitas vagas no mercado de trabalho, não é mesmo? E o espanhol também está seguindo esse caminho, afinal estamos em um país que faz parte da América Latina.

Mas você já parou para pensar nos benefícios de aprender também alemão, francês, italiano ou até mesmo japonês? Acredite, falar esses idiomas só vai trazer vantagens, principalmente se você estuda Direito, Relações Internacionais ou Engenharia.

Pensando nisso, preparamos este post para mostrar o quanto vale a pena aprender outros idiomas além do inglês e do espanhol. Confira!

Aprender outros idiomas: confira alguns dos mais requisitados no mercado

Francês

O francês e o mercado de trabalho andam de mãos dadas: essa é a terceira língua mais requisitada, ficando atrás somente do inglês e do espanhol.

A língua da diplomacia também é pré-requisito para estudantes de Relações Internacionais. Isso porque o francês é falado em todos os continentes e é o idioma oficial de inúmeros países e organizações, como o Conselho da Europa, a Organização das Nações Unidas e a UNESCO.

Também é muito importante para quem estuda Direito, porque há uma vasta bibliografia sobre Direito Público em francês, além da possibilidade de poder fazer intercâmbio em renomadas universidades francesas.

Italiano

bella lingua é fundamental para estudantes de História da Arte, Direito, Arquitetura, Design e Moda.

Quem estuda Direito e tem interesse pelas áreas Penal e Civil deve aprender esse idioma. Afinal, o direito romano teve origem em terras italianas e é um dos sistemas mais estudados da história, repercutindo até hoje na sociedade.

Para os estudantes de Design e Moda, a língua italiana é muito vantajosa. Diversos textos importantes dessas áreas são publicados em italiano e a Itália é referência mundial nesses setores. Criadores de marcas renomadas como Armani, Salvatore Ferragamo, Prada e Gucci nasceram nesse país.

Quem está cursando Arquitetura ou História da Arte também se beneficiará ao aprender o idioma, pois terá acesso a diversos materiais criados e publicados na Itália. O país é o berço das artes; artistas, escritores e arquitetos do país contribuíram com inúmeras criações, deixando seu legado para a humanidade.

Alemão

A língua alemã é importante para a área de Engenharia, especialmente das áreas de controle e automação, materiais e mecânica. Existem muitas normas escritas em alemão que nem sempre são traduzidas para o nosso idioma.

Além disso, a língua é pré-requisito para a indústria automobilística e de petróleo e gás, já que as sedes e investimentos das grandes mineradoras e montadoras estão na Alemanha.

Estudantes e profissionais dessas áreas que têm um bom domínio do idioma podem aproveitar excelentes oportunidades de estudo e trabalho no país europeu.

Japonês

O Brasil e o Japão têm uma forte relação comercial. O estudante de Engenharia, Tecnologia da Informação, Nanotecnologia, Robótica ou Tecnologia Aeroespacial e das Comunicações pode aproveitar ótimas oportunidades no mercado de trabalho se dominar a língua japonesa.

Pronto! Agora você já sabe que vale a pena aprender outros idiomas além do inglês e espanhol. Levando em consideração o seu curso, escolha a melhor língua para você aprender e inicie seus estudos agora mesmo.

Gostou deste post? Que tal continuar a leitura e descobrir como um intercâmbio faz muita diferença no seu currículo?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.